Bloqueio de aparelhos por perda ou roubo cresce 21% no Brasil, diz Anatel


Se você acha que as materias, dicas, videos e noticias que postamos aqui ajuda você, não deixe de contribuir para que possamos continuar a criar um conteúdo cada vez melhor para você. Com o dinheiro arrecadado compramos equipamentos para poder proporcionar para você uma experiência muito melhor e com qualidade.


Postado em: 2017-12-11 21:11:09
Publicidade


(Foto: reprodução)

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou que o número de celulares bloqueados no Brasil chegou a 9.123.567 unidades em novembro. O impedimento pode ser solicitado em casos de perda ou roubo de dispositivos. Nos últimos 12 meses, o órgão registrou um acréscimo de cerca de 1,6 milhão de unidades bloqueadas, o que representa um avanço de cerca de 21,05%.

Os dados divulgados pela Anatel são do Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (Cemi), criado em março de 2016 para combater o roubo e furto celulares. Ainda de acordo com a agência, o número de telefones bloqueados entre outubro e novembro de 2017 em todo país foi de 119.421 dispositivos, um crescimento de 1,33% no período.

Veja Também:
Como bloquear o WhatsApp se seu celular for roubado ou perdido

Com menos de 3MB, novo app Twitter Lite já está disponível no Brasil
Google testa modo noturno nativo do YouTube na versão mais recente do Chrome.
Amazon distribui bolo de graça em SP para comemorar 10 anos do Kindle.
Como desativar os vídeos automáticos no Facebook

A solicitação de bloqueio pode ser feita tanto por usuários em contato direto com as operadoras ou nas delegacias de polícia de 23 estados e do distrito federal, durante o registro da ocorrência. Para isso, é preciso apenas fornecer o número da linha do telefone. Outra possibilidade é usar o número do IMEI, que é impresso na caixa do produto ou pode ser obtido ao digitar o código *#06# no discador do sistema operacional.

Além de serem bloqueados no Brasil, os telefones na lista do Cemi não poderão ser usados no exterior. Isso acontece porque o sistema brasileiro é integrado ao GSM Association, que é a base internacional de aparelhos impedidos. Ou seja, quanto mais brasileiros roubados fizerem o bloqueio do celular, maior tende ser a dificuldade para que criminosos revendam os telefones.

Via: Olhar Digital

Veja também:



Google testa modo noturno nativo do YouTube na versão mais recente do Chrome

Veja +

Mais de 11 milhões de smartphones foram vendidos no Brasil no último trimestre

Veja +

Motorola libera Android Lollipop para o Moto G no Brasil

Veja +

Atualização do WhatsApp para iOS traz novos recursos

Veja +

 

copyright ©2012 - 2019 JM Jonathan Moreira - Todos os direitos reservados